segunda-feira, novembro 08, 2004

Espero

Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe, de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda.


Sophia de Mello Breyner Andresen

2 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Que saudades de Sophia...!

Magda disse...

Espero por ti
e que o tempo não te leve,

Espero por mim,
de onde eu nunca, nunca saí.